Material Gráfico

Sentimento Tátil

Muitos clientes adoram e absorvem seus produtos e serviços nos Materiais Gráficos 

Porque ainda usar Materiais Gráficos

A Material Gráfico de sua empresa é a responsável por estabelecer uma presença de mercado e, até mesmo, garantir o sucesso do seu negócio frente à concorrência em um cenário comercial cada vez mais saturado.Ele é uma forma de estabelecer uma ligação emocional com os clientes a fim de desenvolver uma relação duradoura com eles (fidelizá-los).

Portanto, sua marca precisa ser divulgada, conhecida e reconhecida pelos consumidores e, principalmente, seu público-alvo. Uma boa maneira de conquistar isso é através da divulgação de materiais gráficos. Eles são o ponto de contato direto da sua marca com os consumidores

É fato que as empresas caminham, cada vez mais, para estratégias online, mas em uma estratégia bem definida, planejada e executada, eles podem se mostrar bastante pertinentes. E também é o contato físico do cliente com seu produto ou serviço, arma crucial muitas vezes para a decisão e escolha do seu cliente.

Cuidados que devemos ter na produção de nossos materiais gráficos

A escolha da Gráfica

O material gráfico só vai ter o sucesso se for produzido em uma boa qualidade, e nesse processo é fundamental a escolha de uma boa gráfica. Escolha uma gráfica confiável, que ofereça produtos de qualidade a um preço acessível, mas opte pela qualidade, pois é a sua imagem que estará sendo impressa, é a sua marca que vai para a rua.

Que tipo de material usar

Qual o material usar para fazer o meu panfleto, cardápio, folder, embalagem, cartaz, seu material de escritório (cartão de visitas, folha ofício, envelopes) receituários, boletins e ordens de serviço, e se for de grandes formatos (tamanhos) como banners e lonas de fachada. Ter consciência de que aquela material resistirá ao tempo ou se for exposto na rua, o cuidado sobre sua resistência ao sol e chuva.

Seu formato e tamanho

A maioria dos materiais gráficos expostos e veiculados nas ruas, lojas, consultórios, clinicas e escritórios tem um padrão estabelecido pelas gráficas em relação ao aproveitamento de papel gerando assim um custo mais acessível. Salvo folders e materiais de apresentação com formatos especiais e cortes diferentes, do corte reto habitual de todos os impressos padrões. Que tem por objetivo chamarem a atenção pela sua diferença, mas lembre que trabalhos especiais, tem custos mais elevados.

Acabamento 

Quando se quer um material diferenciado podemos utilizar os acabamentos adicionais para dar mais requinte e sofisticação ao seu material. Como vernizes localizados, recortes especiais e desenhados (contorno de bonecos e letras). Vernizes com brilho, aveludados, com texturas, metalizados. Também temos acabamentos manuais como tecidos, couro, gravuras a calor (hotstamp) que na maioria das vezes é feito manualmente uma a uma, tendo um custo bem mais elevado, mas quando o objetivos é ser especial, este é o material e acabamento certo.
Não podemos esquecer também nas dobras de sanfona para catálogos e pastas, nas embalagens as vezes se produz facas de cortes especiais com corte e dobras, para facilitar na hora da montagem.

Tipos de Materiais Gráficos

Colocamos aqui uma série de Materiais Gráficos comuns que a maioria das Empresas Gráficas de boa qualidade produzem:

Álbuns: Álbuns de casamento, formaturas, festas e etc (digital).
Agendas: Agendas escolares, empresariais ou pessoais (offset e digital).
Apostilas: Apostilas para instituições de ensino, empresas ou pessoas físicas (offset e digital).
Adesivos: Adesivos em geral (offset e digital).
Blocos de rascunhos e anotações: Blocos personalizados pessoais ou empresariais (offset e digital).
Brindes: Brindes personalizados como canetas, canecas, agendas, mousepads e etc (offset e digital).
Banners: Banners em diversos formatos para divugações (digital).
Bíblias: Bíblias personalizadas em diversos formatos (offset e digital).
Cartões de visita: Cartões pessoais e profissionais com laminação, plastificação, aplicação de verniz UV e etc (offset e digital).
Cardápios: Cardápios com diversos acabamentos para estabelecimentos (offset e digital).
Crachás:  Identificação de pessoas em empresas ou outras instituições (digital).
Certificados: Certificados de cursos em geral (offset e digital).
Credenciais: Para identificação de pessoas em eventos em geral (offset e digital).
Catálogos: Mostruários e catálogos diversos (offset e digital).
Caixas para embalagens: Caixas personalizadas em diversos formatos (offset e digital).
Cadernos: Cadernos personalizados em geral (offset e digital).
Convites: Para formaturas, casamentos ou outros eventos (digital).
Calendários: De mesa e parede (offset e digital).
Dicionários: Dicionários de idiomas em geral (offset e digital).
Diários: Diários personalizados (offset e digital).
Duplicatas: Duplicatas em geral (offset e digital).
Encartes e capas: Para CDs e DVDs em geral (offset e digital).
Etiquetas adesivas: Etiquetas e rótulos em geral para produtos ou eventos (offset e digital).
Envelopes: Envelopes personalizados para festas e outros eventos (offset e digital).
Embalagens: Embalagens personalizadas (digital).
Fotografias: Fotos em geral, em diversos papéis e gramaturas (digital).
FineArt: Reprodução de obras de artes e fotos em qualidade excelente (digital).
Fotoprodutos: Canecas, canetas, camisas, sacolas, calendários, almofadas e etc(digital).
Flyers: Para divulgações em geral (offset e digital).
Folders: Para divulgações em geral (offset e digital).
Jornais informativos: Jornais em papel couché, reciclado, offset e etc (offset).
Lembranças religiosas: Mais conhecidos como “santinhos” (digital).
Livros: Livros em geral, em altas tiragens (offset e digital).
Livros sob demanda: Livros e livretos em baixas tiragens (digital).
Malas diretas: Malas diretas personalizadas para empresas (offset e digital).
Marcadores de página: Marcadores personalizados para livros e etc (offset e digital).
Manuais: Manuais em geral (offset e digital).
Moleskine: Cadernos de anotações, pessoais ou empresariais (offset e digital).
Notas fiscais: Notas fiscais e conhecimentos de transportes em geral (digital).
Panfletos: Para divulgação em geral (offset e digital).
Papéis timbrados: Papéis para orçamentos, pedidos ou declarações (offset e digital).
Pastas: Pastas em geral com laminação, verniz UV total, UV localizado e etc (digital).
Postais: Cartões postais em geral (offset e digital).
Pulseiras: Pulseiras de identificação para eventos e festas (digital).
Revistas: Revistas em geral (offset e digital).
Rótulos adesivos: Rótulos para diversos usos, com ou sem plastificação ou outras características (offset e digital).
Receituários: Para instituições de saúde em geral (offset e digital).
Recibos: Recibos simples em geral e personalizações (offset e digital).

Tipos de Impressões Gráficas

A maneira de produzir um material gráfico é bem variada, desde as impressões arcaicas e antigas até as mais modernas, aqui falaremos um pouco delas :

Tipografia:o processo consistia em usar tipos móveis, ou seja, blocos metálicos com imagens em relevo das letras, montadas manualmente em seqüência para compor o conteúdo a ser impresso. Para imagens, a transferência de tinta se dava por meio de clichês metálicos ou de plástico.Foi por meio desse sistema que a comunicação mecanicamente impressa teve início e a prensa foi criada. Esse processo atualmente é considerado obsoleto, mas ainda é utilizado em gráficas de baixo custo, na confecção de impressos padronizados, como talões de pedidos e notas fiscais, ou para peças como pouco texto, como cartões de visita e convites. Algumas editoras também utilizam a tipografia para tiragens artesanais.

OffSet:
É um dos sistemas mais utilizados pelas gráficas, devido à alta qualidade e ao baixo custo que oferece, principalmente para grandes quantidades. É um sistema de impressão indireto, conforme a palavra original inglesa, baseado na repulsão tinta-água.
Os processos de impressão exigem a confecção de fotolitos e as subsequentes chapas de impressão (matrizes). Atualmente, existe também o offset digital, que dispensa o uso dos fotolitos, também chamado de processo direto para a chapa

Impressão Digital:
Esse método é feito em copiadoras coloridas (xerox, canon, minolta, todas a laser de alta resolução), plotters (grandes formatos) e impressoras de provas digitais. A impressão digital tem ganhado espaço dentro do mercado gráfico, alcançando qualidade e durabilidade semelhantes das impressões “offset”. Entre os empecilhos dessa técnica são os custos.

Serigrafia:
É feita em uma tela de nylon, emoldurada em madeira, alumínio ou aço, onde a tinta vaza através de um rodo, nas áreas determinadas por uma arte no fotolito. A revelação da matriz é feita por meio de exposição à luz em um emulsão adicionada com nitrato de prata sensível a luz. Entre as peças que mais utilizam essa técnica é a impressão em tecidos, camisetas personalizadas, rótulos, impressões cilíndricas, chaveiros, réguas, a várias aplicações com o material plástico.

Flexografia:
Um sistema de impressão em alto-relevo a partir de matrizes de borracha (foto-polímero), confeccionadas a partir de arquivos digitais à laser ou fotolitos.
As características da flexografia permitem impressão sobre vários tipos de materiais, e relevos (curvados como copos e garrafas), além do papel (plásticos, laminados, poliéster, plásticos em geral, papéis para presentes, tecidos, papelão ondulado etc). 

Relevo Seco:
O relevo seco marca o papel com um baixo relevo, sem usar tinta. O Relevo seco pode ser sutil, para marca apenas a frente do seu cartão ou pode ser bem profundo a ponto de deixar até o verso marcado também, com a impressão invertida. Quando a escolha for de alto relevo, chamamos de relevo francês!

Hot Stamping:
É um sistema semelhante à tipografia (matriz de impressão - clichês - é dura e plana, normalmente de metal, na qual arte a ser impressa está em alto-relevo), porém o clichê não recebe tinta, sendo apenas aquecido e pressionado sobre uma tira de material sintético revestida de uma finíssima camada metálica.Quando a camada metálica é pressionada pelo clichê quente, desprende-se da fita e adere à superfície do material a ser impresso.Esse sistema é utilizado para imprimir pequenos detalhes, produzindo efeitos metalizados.O processo de Hot Stamping é muito utilizado em trabalhos monográficos, trabalhos escolares, e arquivos onde você quer passar requinte e nobreza. A impressão em Hot Stamping pode ser feita em livros de capa dura, ou mesmo em outro tipo de material, como papelão, calçados, ou artigos de couro.

© todos os direitos reservados a Carlos Marra Design

whats 51 991342544   |   carlos_marra@msn.com

  • Facebook
  • Instagram
  • twitter